quinta-feira, julho 29, 2010

Ciclistas podem andar na contra-mão de direção?



NÃAAAAAAOOOOOOOOOOOO!!! isso mesmo com todas as letras que tem direito, ciclista tem sim que obedecer as regras vigentes de trânsito que regem a circulação de todos os veículos no nosso pais.

Eu resolvi escrever este post motivado pelo grande número de ciclistas que cometem essa irregularidade na nossa cidade principalmente no trecho da Avenida Dr. Rui Mariz vindo do bairro Boa Passagem até o centro de Caicó. Colocando em risco a vida deles principalmente e de todos os usuários da via que tem muitas vezes que livrar os ciclistas, colocando o seu veículo para a outra mão, chocando-se com outro veículo que trafega na outra faixa de direção.

Eu já tive que fazer essa manobra várias e várias vezes e inclusive já me envolvi em acidente, livrei o ciclista na contra-mão e acabei eu me acidentando.

Vejamos o que diz a nossa Biblia do Trânsito o CTB(código de trânsito brasileiro):

DOS DIREITOS E OBRIGAÇÕES DO CICLISTA:

1. O ciclista não precisa necessariamente de ciclovia para pedalar, embora elas sejam o ideal. Na ausência de ciclofaixa ou acostamento (como é o caso da maior parte das ruas e avenidas de Salvador), ele está autorizado a pedalar na borda das faixas, no mesmo sentido dos carros e tendo preferência sobre eles!!!

Art. 58. Nas vias urbanas e nas rurais de pista dupla, a circulação de bicicletas deverá ocorrer, quando não houver ciclovia, ciclofaixa, ou acostamento, ou quando não for possível a utilização destes, nos bordos da pista de rolamento, no mesmo sentido de circulação regulamentado para a via, com preferência sobre os veículos automotores.

2. Bicicleta não pode rodar na contramão, é contra lei. Caso o ciclista queira cortar caminho pela contramão, deverá descer da bicicleta e empurrá-la. Há exceção quando a regulamentação da via permite, com devida sinalização (a ciclovia de Stella Maris seria um exemplo).

Parágrafo único. A autoridade de trânsito com circunscrição sobre a via poderá autorizar a circulação de bicicletas no sentido contrário ao fluxo dos veículos automotores, desde que dotado o trecho com ciclofaixa.

3. Bicicleta não pode rodar no passeio. Passeio é lugar de pedestres. Caso o ciclista queira transitar pelo passeio, deve descer da bike e empurrá-la, tornando-se um pedestre também. Do contrário, ele está sujeito a multa e apreensão da bicicleta. Há exceção nos trechos permitidos e assim sinalizados.

Art. 59. Desde que autorizado e devidamente sinalizado pelo órgão ou entidade com circunscrição sobre a via, será permitida a circulação de bicicletas nos passeios.

Art. 68. É assegurada ao pedestre a utilização dos passeios ou passagens apropriadas das vias urbanas e dos acostamentos das vias rurais para circulação, podendo a autoridade competente permitir a utilização de parte da calçada para outros fins, desde que não seja prejudicial ao fluxo de pedestres.

§ 1.º O ciclista desmontado empurrando a bicicleta equipara-se ao pedestre em direitos e deveres.

Art. 255. Conduzir bicicleta em passeios onde não seja permitida a circulação desta, ou de forma agressiva, em desacordo com o disposto no parágrafo único do art. 59: Infração – média;

Penalidade – multa;

Medida administrativa – remoção da bicicleta, mediante recibo para o pagamento da multa.

Portanto pensem na suas vidas e na das outras pessoas que usam a via, o direito de ir e vir é meu é seu e de todos nós!!!

Fonte do CTB: http://www.bicicletada.org/ctb_bici.htm

quarta-feira, julho 28, 2010

Trágedia no Trânsito Natalense



Na manhã de ontem, a nova Via Costeira foi cenário para mais um acidente com vítima fatal. A vida acabou mais cedo para a bióloga Helena Fagundes Bouth, de 26 anos, que morreu após se envolver em acidente nas proximidades do Instituto de Oceanografia da UFRN, onde trabalhava. O veículo da bióloga, um Peugeot 206, de cor preta, placas MZK-1233, foi atingido violentamente por um microônibus da empresa Santa Maria, de placas MXT -7298, que trafegava no mesmo sentido, quando ela tentou fazer um retorno proibido ultrapassando uma faixa contínua em frente ao restaurante Tábua de Carne. Helena teria ido se despedir dos pesquisadores do Instituto porque tinha sido aprovada em uma seleção de mestrado no Rio de Janeiro, para onde viajaria na próxima semana. O acidente ocorreu por volta das 11h45.

Segundo testemunhas no local, o motorista do ônibus, João Paulo Pequeno da Silva, tentou frear, mas não conseguiu. Com o impacto, o carro foi jogado para o outro lado da pista, tendo o corpo da bióloga ficado no banco do carona. De acordo com o tenente Nicolas, da Polícia de Turismo, a vítima teve morte instantânea, não chegando a ser socorrida pelo Sistema de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) nem pelo Corpo de Bombeiros, que também chegou ao local. Informada pelo tenente, a mãe da bióloga compareceu ao local mas não conseguiu falar à imprensa devido ao estado emocional. O motorista foi conduzido à delegacia de plantão para prestar depoimento.

Do DN on line

terça-feira, julho 27, 2010

Estradas do Seridó são Contempladas com "Tapa Buracos"



Naquele velho e bom paliativo de sempre, o governo do estado realiza em todo o RN a operação denominada de "tapa buracos". A nossa região não ficou de fora e diversas RNs que cortam o seridó estão passando por reparos.

As obras que começaram neste mês de julho vão até o fim do ano, e pelo menos até o próximo inverno teremos um pouco mais de conforto nos trajetos das rodovias seridoenses.

Confiram abaixo as RNs seridoenses que estão passando ou irão passar por reformas até o final de 2010:

RN 288 – Acari/Cruzeta/São José do Seridó/Caicó
RN 288 – Entroncamento da BR-427 Caicó/Jardim de Piranhas
RN 118 – Caicó/Jucurutu
RN 089 – Jardim do Seridó/Ouro Branco
RN 288 – Carnaúba dos Dantas/Divisa RN/PB
RN 081 – Entroncamento RN-086/Santana do Seridó
RN 088 – Jardim do Seridó/Parelhas – Acesso a Barragem do Boqueirão (Parelhas)

Agência RN

Acidente na Região deixa Uma Vitima Fatal



Acidente gravissimo na RN que dá acesso a cidade de Santana do Matos deixou o saldo de uma morte ontem.

4 jovens se deslocavam de Areia Branca em direção a vaquejada de Santana do Matos, já próximo a cidade o veiculo em que vinham capotou arremessando a jovem Lorena Michele de apenas 24 anos no asfalto, que acabou não resistindo aos ferimentos vindo a óbito no local.

Fica aqui os sentimentos a mais essa familia que perde um jovem vítima da violência no trânsito de nossas cidades

Fica também o alerta e a orientação mais que saturada sobre o uso do cinto de segurança, milhares de vidas em nosso pais poderiam ter sido poupadas pelo simples uso desse artigo presente em todos os veiculos automotores.

O DENATRAN inclusive usará como tema principal da semana nacional de trânsito esse ano o uso do cinto de segurança e a cadeirinha para crianças. tema esse que abordaremos em posts seguintes.

FOTO: jovem vítima do acidente
Com informações do blog de Luciano Olveira

segunda-feira, julho 26, 2010

Mais Movimentações no Comando do 3º DPRE



O comandante geral da policia militar do RN no uso de suas atribuições legais através de portaria criou o 1ºGPRE(grupamento de policia rodovária estadual) na cidade de Caicó, nomeando para o seu comando o agora Capitão Marcelo Dantas.
Uma outra movimentação importante foi a nomeação do Capitão Egidio para o sub-comando do 3º distrito. Ele irá auxiliar o recém nomeado Major Ezaú na direção do referido distrito.
Dois ótimos oficiais da nova geração da policia militar, que com certeza trarão melhorias na área de atuação do 3º distrito melhorando a ação dos policiais de trânsito que trabalham no seridó.

Confira cópia da portaria transcrita do boletim geral da polica militar de 23 de julho de 2010:
VI - MOVIMENTAÇÃO DE OFICIAIS – Portarias.
Portaria nº. 049/2010-DP/4, de 21 de julho de 2010.
O COMANDANTE-GERAL DA POLÍCIA MILITAR, usando das atribuições que
lhe confere o art. 4º, da Lei Complementar nº. 090, de 04 de janeiro de 1991, combinado
com o art. 12, letra “b”, item 1, Parágrafo Único, do Decreto n.º 8.330, de 02 de fevereiro
de 1982, RESOLVE:
1. Dispensar:
- O Capitão QOPM HAROLDO TAVEIRA EGÍDIO das funções de Comandante
do 2º GPRE / 3º DPRE / Comando de Polícia Rodoviária Estadual.
- O Capitão QOPM MARCELO DANTAS DE MEDEIROS das funções de
Subcomandante 3º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual / Comando de Polícia
Rodoviária Estadual.
2. Designar:
- O Capitão QOPM HAROLDO TAVEIRA EGÍDIO para exercer as funções de
Subcomandante do 3º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual / Comando de Polícia
Rodoviária Estadual.
- O Capitão QOPM MARCELO DANTAS DE MEDEIROS para exercer as
funções de Comandante do 1º GPRE / 3º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual /
Comando de Polícia Rodoviária Estadual.

domingo, julho 25, 2010

DICAS PARA OS MOTO-TAXISTAS



Vocês moto-taxistas já devem saber que no dia 14 de junho o DENATRAN baixou resolução instituindo curso especifico para toda a categoria de profisionais que se utilizam de veiculos sobre duas rodas. Pois bem, o blog disponibiliza texto dessa resolução para que os mesmos possam se inteirar do assunto em questão.

Lembrando que restam 5 meses para que os profissionais em questão se adequem ao que diz a nova legislação.

RESOLUÇÃO Nº 350 DE 14 DE JUNHO DE 2010Institui curso especializado obrigatório
destinado a profissionais em transporte de
passageiros (mototaxista) e em entrega de
mercadorias (motofretista) que exerçam
atividades remuneradas na condução de
motocicletas e motonetas.
O CONSELHO NACIONAL DE TRÂNSITO – CONTRAN, usando da
competência que lhe confere o artigo 12, inciso I e artigo 141, da Lei n. 9.503, de 23 de
Setembro de 1997, que instituiu o Código de Trânsito Brasileiro – CTB, conforme o
Decreto n. 4.711, de 29 de maio de 2003, que trata da coordenação do Sistema Nacional
de Trânsito e
Considerando o inciso III do artigo 2º da Lei nº 12.009, de 29 de julho de 2009;
Considerando a importância de garantir aos motociclistas profissionais a
aquisição de conhecimentos, a padronização de ações e, consequentemente, atitudes de
segurança no trânsito,
RESOLVE:
Art. 1º Instituir curso especializado obrigatório destinado a profissionais em
transporte de passageiro (mototaxista) e em entrega de mercadorias (motofretista), que
exerçam atividades remuneradas na condução de motocicletas e motonetas.
Parágrafo único. O curso de que trata o caput deste Artigo será válido em todo o
território nacional.
Art. 2º O curso, na forma desta Resolução, será ministrado pelo órgão executivo
de trânsito do Estado ou do Distrito Federal ou por órgãos, entidades e instituições por
ele autorizados.
Art. 3º A grade curricular e as disposições gerais do curso especializado a que se
refere esta Resolução constam do Anexo I.
Art. 4º Ficam reconhecidos os cursos específicos, destinados a motofretistas e a
mototaxistas, que tenham sido ministrados por órgãos ou entidades do Sistema Nacional
de Trânsito – SNT, por entidades por eles credenciadas e pelas instituições vinculadas ao
Sistema S, concluídos até a data de entrada em vigor desta Resolução, respeitando-se a
periodicidade para o curso de atualização previsto no seu Anexo II.
Art. 5º Esta Resolução entrará em vigor 180 (cento e oitenta) dias após a data de
sua publicação.
Alfredo Peres da Silva
Presidente


ANEXO I
Carga horária, requisitos para matrícula, estrutura curricular, abordagem
didático-pedagógica e disposições gerais dos cursos
1. Carga horária
30 (trinta) horas-aula.
2. Requisitos para matrícula
· Ter completado 21 (vinte e um) anos.
· Estar habilitado no mínimo, há 2 (dois) anos na categoria “A”.
· Não estar cumprindo pena de suspensão do direito de dirigir, cassação da Carteira
Nacional de Habilitação (CNH), decorrente de crime de trânsito, bem como estar
impedido judicialmente de exercer seus direitos.
3. Estrutura curricular
Módulo Disciplina Carga
Horária
Ética e cidadania na atividade profissional 3 h/a
Noções básicas de Legislação 7 h/a
Gestão do risco sobre duas rodas 7 h/a
MÓDULO I
Básico
Segurança e saúde 3 h/a
MÓDULO II
Específico
Transporte de pessoas
ou
Transporte de cargas
5 h/a
MÓDULO III
Prática de
Pilotagem
Profissional
Prática veicular individual específica (carga ou pessoas) 5h/a
Total 30 h/a

sexta-feira, julho 23, 2010

ACIDENTE ENVOLVENDO VIATURA POLICIAL EM MOSSORÓ



Infelizmente mais um acidente envolvendo viaturas policiais ocorre no nosso estado, dessa vez na cidade de Mossoró, graças ao grande DEUS sem maiores problemas para o PM que conduzia a VTR. No inicio desse mês o Sgt Fernandes de Caicó acabou perdendo a vida em acidente próximo a Bom Jesus, onde o mesmo dirigia uma VTR da cidade de São João do Sabugi, só pra lembrar.

O acidente com o nosso companheiro de Mossoró aconteceu por volta de 1 hora da tarde desta sexta feira 23 de Julho, na rua Frei Miguelinho, proximo ao bar da cruz, já chegando no Estádio Nogueirão, bairro nova betania.



Segundo informações de pessoas que presenciaram o acidente, os dois veiculos trafegavam no sentido centro - nova betania e no momento em tentava fazer a ultrapassagem, o palio do 2º batalhão de policia de mossoró, de placa MGA 5504, que era dirigido pelo policial Alexsander, serve ao sub comandante de policiamento do oeste, Coronel Leão, foi atingido, bateu numa calçada de proteção da rua e capotou. O condutor sofreu escoriações, foi socorrido por uma viatura do samu e encontra-se no Hospital regional tarcisio maia.

O condutor da van, com placa MXU 4674 de pau dos ferros, que aparentemente provocou a acidente, nada sofreu e permaneceu no local. A carteira de habilitação do condutor da van conhecido com Daniel Assis Bento, não lhe permitia dirigir esse tipo de veiculo. O transito se encontra no local e deverá ouvir o mesmo e fazer os procedimentos de praxe, alem de uma equipe do ITEP e outra da PRF. Pessoas informaram a policia de transito que estavam fazento a pericia no local que ouviram a cirene na viatura que ia atender uma ocorrencia.

Com informações e fotos de O Camera

NOVO COMANDANTE NO TRÂNSITO SERIDOENSE


De acordo com movimentação publicada no Boletim geral número 135 da policia militar o Major Ezaú Macedo foi nomeado para o comando do 3º DPRE, que tem sede em Caicó mais que compreende todas as rodovias estaduais do seridó. Vêm em substituição ao Major Niltoildo que foi para o comando da 5ª CIA em Jardim de Piranhas.
Essa é a segunda passagem do Major Ezaú pelo seridó, ele chegou em caicó no ano de 97 como aspirante a aficial ficando até o ano de 2001 quando foi para a capital do estado.
Desejamos desde já toda a sorte do mundo ao novo comandante, que ele possa desempenhar suas atividades com maior tranquilidade possivel.

quinta-feira, julho 22, 2010

Em tempos de festa é bom ficar atento ao som do seu carro!!!


RESOLUÇÃO Nº 204 DE 20 DE OUTUBRO DE 2006
Regulamenta o volume e a freqüência dos sons produzidos
por equipamentos utilizados em veículos e estabelece
metodologia para medição a ser adotada pelas autoridades de
trânsito ou seus agentes, a que se refere o art. 228 do Código
de Trânsito Brasileiro - CTB.

Art. 1º. A utilização, em veículos de qualquer espécie, de equipamento que produza
som só será permitida, nas vias terrestres abertas à circulação, em nível de pressão sonora não
superior a 80 decibéis - dB(A), medido a 7 m (sete metros) de distância do veículo.
Parágrafo único. Para medições a distâncias diferentes da mencionada no caput,
deverão ser considerados os valores de nível de pressão sonora indicados na tabela do Anexo
desta Resolução.

Art. 2º. Excetuam-se do disposto no artigo 1º desta Resolução, os ruídos produzidos
por:
I. buzinas, alarmes, sinalizadores de marcha-à-ré, sirenes, pelo motor e demais
componentes obrigatórios do próprio veículo;
1
II. Veículos prestadores de serviço com emissão sonora de publicidade,
divulgação, entretenimento e comunicação, desde que estejam portando
autorização emitida pelo órgão ou entidade local competente.
III. Veículos de competição e os de entretenimento público, somente nos locais
de competição ou de apresentação devidamente estabelecidos e permitidos
pelas autoridades competentes.

Art. 3º. A medição da pressão sonora de que trata esta Resolução se fará em via
terrestre aberta à circulação e será realizada utilizando o decibelímetro, conforme os seguintes
requisitos:
I. Ter seu modelo aprovado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e
Qualidade Industrial - INMETRO, atendendo à legislação metrológica em vigor e
homologado pelo DENATRAN - Departamento Nacional de Trânsito;
II. Ser aprovado na verificação metrológica realizada pelo INMETRO ou por entidade
por ele acreditada;
III. Ser verificado pelo INMETRO ou entidade por ele acreditada, obrigatoriamente
com periodicidade máxima de 12 (doze) meses e, eventualmente, conforme
determina a legislação metrológica em vigor;
§ 1º. O decibelímetro, equipamento de medição da pressão sonora, deverá estar posicionado a
uma altura aproximada de 1,5 m (um metro e meio) com tolerância de mais ou menos 20 cm.
(vinte centímetros) acima do nível do solo e na direção em que for medido o maior nível
sonoro.
§ 2º. Para determinação do nível de pressão sonora estabelecida no artigo 1º., deverá ser
subtraída na medição efetuada o ruído de fundo, inclusive do vento, de no mínimo 10 dB(A)
(dez decibéis) em qualquer circunstância.
§ 3º. Até que o INMETRO publique Regulamento Técnico Metrológico sobre o
decibelímetro, os certificados de calibração emitidos pelo INMETRO ou pela Rede Brasileira
de Calibração são condições suficientes e bastante para validar o seu uso.

Art. 4°. O auto de infração e as notificações da autuação e da penalidade, além do
disposto no CTB e na legislação complementar, devem conter o nível de pressão sonora,
expresso em decibéis - dB(A):
I. O valor medido pelo instrumento;
II. O valor considerado para efeito da aplicação da penalidade; e,
III. O valor permitido.
Parágrafo único. O erro máximo admitido para medição em serviço deve respeitar a
legislação metrológica em vigor.

Art. 5º. A inobservância do disposto nesta Resolução constitui infração de trânsito
prevista no artigo 228 do CTB.

Art. 6º. Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

ANEXO:
Nivel de pressão sonora/Distância de medição
104Db / 0,5m
98Db / 1,0m
92Db / 2,0m
80Db / 7,0m
77Db / 10,0m
74Db / 14,0m